Sim, porque não será extenso; não haverá lugar para vazios.
As palavras aqui ocuparão parte do espaço: algumas gavetas,
geladeira, a cima das mesas, parte do armário do banheiro...
Mas não todo o imóvel.
A outra parte será destinada a quem desejar visitá-lo, tomar
por empréstimo alguns vocábulos moldá-los, ou mesmo senti-los.
Não será necessário bater a porta sempre que se desejar entrar,
se a causa for justa e as palavras respeitadas,os visitantes serão
sempre bem vindos.
Caso deseje deixar de lembrança alguns termos poucos ou muitos
não se preocupe com a disponibilidade de espaço,
o compactoimóvel só estará completo para aquele que não
gostar do aroma da torta de morango no forno, das rosas na
janela ou mesmo para quem se sinta grande demais
a ponto de não caber em seus cômodos.

Todos os demais,
sejam bem vindos.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Tomada que chove, chuva que dá choque

O mundo se contradiz a cada passo que dá e as pessoas alucinadas pela liberdade e racionalidade se perdem entre o que há de mais incerto e se contradizem junto com ele, como se lutassem contra a mesma força com a qual se aliam para derrotar. Vejo o extremismo atuando nos palcos e ditando as regras, vejo quem é contra duas piadas enquanto se deleita com as outras cem do mesmo canal de vídeos... qual o sentido? Ou melhor, mais importante, pra que? Lute pelo seu ideal... eu posso está errada, mas até hoje não vi um extremo deixar alguém feliz.
Entre, está chovendo, você quer ficar gripada?
Mas mãe, tá tão bom aqui, daqui a pouco entro...
Tá chovendo, minha filha, você vai ficar doente! Pode até acontecer um acidente...
Mãe, deixa, por favor, aqui nem sempre chove, adoro brincar na chuva!
Não faz bem à saúde filha, entre!
Mããe... 
poças de lama... gotas e gotas de chuva, bola, bicicleta... quando ela tinha sido tão feliz?!
Mãe? mãããe, A chuva passou.
Chão sujo de lama, sorriso esplendoroso no rosto, cansaço arrebatador... rosto ao chão, olhos fechados, secador na pia...
5 min
Fi-filha? 
Mãããããe...
Filha o que aconteceu?
Pai...
Amor, você levou um choque... mais uma vez usando o secador no banheiro, não foi? Um dia isso ia acontecer, graças a Deus foi nada demais.


É muito "resguardo de fato, comendo tripa", nesse mundo de Meu Deus...